Tel.: (11) 5081.4936 / 5082.3913 - WhatsApp: (11) 94086.1112
Av. Conselheiro Rodrigues Alves, 270
Vila Mariana - CEP: 04014-000 - São Paulo - SP
febre_amarela_pr.jpg

Secretaria de Saúde do Paraná Faz ‘Busca Ativa’ para Vacinar Contra a Febre Amarela

Fonte: Ana Ehlert - Bem Paraná

Medida é preventiva e tem como metas manter Curitiba sem casos da doença e também manter a atualização vacinal

Com a proximidade do verão, algumas mães podem ser procuradas por funcionários das unidades básicas de saúde ou por agentes comunitários de Curitiba para atualizarem a carteira de vacinação dos filhos e, ainda, receberem a dose única da vacina contra a febre amarela. “Mas não precisam ficar preocupadas, pois esta é uma ação de rotina”, garante o médico Alcides Oliveira, diretor do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde. A ação de vacina contra a febre amarela é uma medida de prevenção, afirma. 
Oliveira ressalta que, como o sistema de vacinação foi todo automatizado, de tempos em tempos os profissionais costumam fazer um levantamento para ver quem está em falta.  “Ai entramos em contato”, explica. Essa ação foi intensificada em função da exigência da carteira de vacinação atualizada como parte da documentação necessária à matricula na rede de ensino pública e particular.  “É uma medida implementada pelo governo no Estado, a fim de incentivar a imunização da população”, conta. 
O verão, por causa do calor é o período de maior circulação do vírus. “Como no ano passado foram registrados surtos em várias cidades paulista, o Ministério da Saúde, a partir de janeiro deste ano, resolveu disponibilizar a vacina para os demais estados”, conta. 
Ele afirma que em Curitiba não houve nenhum registro de caso de febre amarela. “Tivemos apenas um caso, mas que foi importado de Mariporã, cidade paulistana onde houve um surto, por uma pessoa que esteve lá e, ao retornar a Curitiba, já estava com a doença”, relata. Curitiba tem um estoque de cerca de 50 mil doses.
A orientação para os interessados é procurar o posto mais próximo ou buscar no site da prefeitura de Curitiba. Oliveira alerta para a necessidade de que os pais vacinem seus filhos, de acordo com o calendário de vacinação. “Nós temos a erradicação de casos de algumas doenças, mas não dos vírus que permanecem em circulação”, diz.

Dicas para os pais
Em Curitiba, a Declaração de Vacinação pode ser obtida de duas formas 

1) Levando a carteira de vacinação até a Unidade de Saúde e, não havendo vacinas em atraso, a declaração será impressa pelos profissionais do posto. Caso seja necessário, o estudante poderá ser vacinado para completar o quadro vacinal.
2) Estudantes com cadastro no Aplicativo Saúde Já (com cadastro próprio ou como dependentes de outro usuário) e esquema vacinal em dia, poderão gerar a declaração no próprio aplicativo em arquivo para ser impresso.
3) A carteira vacinal ficou disponível no Aplicativo Saúde Já em abril, como mais uma facilidade ofertada ao serviço que agenda atendimentos com a enfermagem e com a odontologia nos postos de saúde.
“A intenção é melhorar o dia a dia dos curitibanos por meio da tecnologia e da inovação”, destaca a diretora de Atenção Primária da Secretaria Municipal da Saúde, Ana Cristina Allegretti.

Como emitir a Declaração de Vacinação a partir do Aplicativo Saúde Já
1) Após fazer o login no Aplicativo Saúde Já, selecione qual usuário precisa da Declaração (pode ser o titular ou um dos dependentes cadastrados).
2) Acesse a opção “Carteira de Vacinação”.
3) Confira no campo “Em Atraso” se não falta nenhuma vacina para ser atualizada no esquema vacinal. Caso sim, é preciso ir até uma Unidade de Saúde para completar a carteira.
4) Caso todas as vacinas estejam em dia, no canto direito da tela, clique nos pontinhos para abrir a opção “Carteira de Vacina”.
5) O sistema vai gerar uma versão que pode ser impressa da Carteira e Declaração de Vacinação. Ao final do documento, consta a declaração de que o portador está em conformidade com a indicação de esquema vacinal preconizada para sua faixa etária.
6) O documento pode ser compartilhado para um meio digiral (email, drive, bluetooth, em que possa ser impresso posteriormente).

© 2018 - Prometheus Centro de Imunização e Infusão
Horário de Funcionamento:
Seg. - Sex. das 9h00 às 18h00
Sábados das 9h00 às 14h00
Tel.: (11) 5081.4936 / 5082.3913
WhatsApp: (11) 94086.1112